O Retorno da Palavra

Tenho uma paixão secreta pelas palavras cravadas no papel.

Exala delas o cheiro do seu esmalte vermelho vivo, sua rubra cor ao escrever desejos mais que proibidos, desejos meus.

Havia muito tempo eu não te via assim tão sóbria, sem aquela aura louca que me convertia em seu brinquedo secreto. Desde a última vez em que você me disse não, sou outra coisa menos entregue, menos deliciosa talvez. Desde aquela última vez você me persegue, como se o fim fosse uma porta pela qual você domina os meus sonhos.

Sonho às vezes durante o dia também. Meu corpo disfarça os sintomas da sua doença através da letargia que parece me acometer quando releio as frases absurdas que você me deixou. Mal sabia o quanto do seu cheiro, da sua cor restavam naquele papel. Era tudo o que eu tinha de seu, tudo o que restou das memórias que me obrigava a apagar. E agora? Agora eu também sou resto, sintoma da sua loucura dissimulada, cria do seu cio, vazio prenhe da sua imagem.

Neste retorno sou eu quem me despeço. É a minha vez de te tatuar, de fazer com que se lembre das nossas noites, de cada uma das noites em que eu sorvia com um prazer tão próximo da dor o bafo quente do àlcool que te dava coragem de ser minha. Meu silêncio se converte, neste instante, naquelas agulhas cheias de cor pra te marcar.

Sobre o Autor

facebook-profile-picture
Paola Giovana
Gosto de me reinventar, sentir o sabor do novo e das infinitas possibilidades da existência. Tenho tendência ao vício pelas coisas boas, obsessão pelo conhecimento e amor pela arte. Sob o signo de Capricórnio, meu destino é conquistar!

4 Comentários

  • Cari on 18 de maio de 2011

    Esse texto é um desabafo incrível…As imagens que voce criou pra retratar a angústia da situação, a tragicidade de sangue da cor vermelha, a dor de uma tatuagem cravada na pele…”como se o fim fosse uma porta pela qual você domina os meus sonhos.”

    Gosto muito desse!

    • Paola Giovana on 18 de maio de 2011

      Sim, é um grande desabafo. Talvez tentativa de marcar, no mundo, algo do que me marca profundamente. Gosto muito desse texto tb! Parece que ele tem cheiro e cor e gosto! 🙂

  • the island traveler on 15 de julho de 2011

    Thanks for the visit. Cool picture of the lips. the red color effect is amazing.

O que você acha disso?