Volver

Às vezes te decifro facilmente e a poesia da paixão simplesmente dói um pouco mais enquanto preenche todo o meu ser. Perco o ar, porque estou repleta. Volto involuntariamente à vida, e percebo que isso (voltar) é quase morrer, quando o que me move já não se encontra dentro de mim.

About The Author

facebook-profile-picture
Paola Giovana
Gosto de me reinventar, sentir o sabor do novo e das infinitas possibilidades da existência. Tenho tendência ao vício pelas coisas boas, obsessão pelo conhecimento e amor pela arte. Sob o signo de Capricórnio, meu destino é conquistar!

2 Comments

  • carina on 19 de junho de 2011

    “Perco o ar, porque estou repleta” acho interessante sua capacidade de síntese…você diz muita coisa em poucas linhas. o choque de se perceber completo, é como alcançar o sonho depois de acordar. gostei!

    • Paola Giovana on 21 de junho de 2011

      Sei que você gosta de coisas que falam sobre a dualidade do inatingível. Mas acho que só sou sintética nesses textos paridos mesmo. No dia a dia sinto que falo demais e ainda não consigo expressar tudo o que gostaria.

O que você acha disso?