Asas

Olho para a vitrine:
há asas,
mas só se pode comprá-las
com o suor de uma vida.

De olhos fechados, então,
imagino
para onde iria
se estas asas,
se estas asas
fossem minhas.

Abro os olhos.
Alguém mais abastado
levou embora o par,
enquanto eu imaginava
voar pelas ilhas.

Uma pena, coitado,
aqui só se compra a liberdade
depois de se esgotarem
as pilhas.

About The Author

facebook-profile-picture
Paola Giovana
Gosto de me reinventar, sentir o sabor do novo e das infinitas possibilidades da existência. Tenho tendência ao vício pelas coisas boas, obsessão pelo conhecimento e amor pela arte. Sob o signo de Capricórnio, meu destino é conquistar!

No Comments

O que você acha disso?