Remédio para o caos

A pensar estava eu, Sozinha, aflita, quase no breu. Procurava acender uma luzinha Na minha alma já fraquinha. Estive onde, que não me lembro? Como, quando e com quem foi? Só sei que não entendo, E escrever não é mais alívio. Há coisas me incomodando. No silêncio, o caos, Criando e descriando Incessantemente. Na minha […]