Na Rua

– Na rua não. Espera um pouquinho… Pronto! Eles passaram. Agora você pode fazer o que quiser! – Bem, tá frio ainda. – Calma, – olha para os lados – vou te esquentar! – Hum. Ainda tô com frio. Me empresta sua blusa? – Precisa mesmo? Não era bem isso que eu tinha pensado… – […]

A Fuga

Passa por baixo da cerca, não pode pulá-la. Olha pros lados, disfarça, e caminha displicente. Alcança uma rua movimentada. Há carros, barulho, buzinas. A cidade observa e testemunha a fuga virando a esquina. Ali, onde ninguém deveria te conhecer, um rosto familiar. A moça da TV te sorri, você a leva pro bar. Depois de […]

Heroína

Alguém através de mim quer escrever e se fazer ouvir. Alguma alma aleatória quer grafar randomicamente pedaços de palavras soltas e talvez sutis. Éter, Ester, estrela. Ex-bandida do almanaque envelhecido jogado na rua. Encontrada depois da enxurrada. Amarelada, mofada, podre nas páginas desgastadas e decadentes de mais uma vida esquecida. Ela também já fora heroína.

Uma Criança e um Pacote de Bisnagas

Não consegui dormir. Tinha as milhares de coisas de sempre pra fazer e passei a noite em claro não fazendo nada além de pensar nas tarefas eternas até o fim dos meus dias. O mau humor foi inevitável. Depois de abrir e fechar os olhos por no máximo 3 horas o telefone tocou pela última […]