Partida

Ela passou com os olhos marejados, rareando os passos para ver se o tempo passava mais lento. Não havia ainda sinal de partida, nenhum aceno de adeus. Despedia-se de um prédio vazio. A memória cheia de pessoas que ainda não haviam partido. Era a primeira a descobrir que as paredes asfixiavam, que os abraços prendiam […]

2014 – A Virada – Adeus, Ano Novo!

Os anos agora passam sem que seja possível notar a diferença entre os dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. A sensação é de um continuum em que a única coisa que se altera, além do último algarismo que escrevemos nas datas, é a quantidade de fracassos que acumulamos. Início de ano, portanto, é […]

Loucura de Artista

Desde que me entendo por gente tenho esta ânsia esquisita de ser artista. Mesmo hoje, depois de uma graduação em Comunicação Social com habilitação em Cinema e Vídeo e outra graduação em Design em andamento ainda me questiono se posso me denominar “artista”. Amo arte e dizem que vivo fazendo isto quando escrevo, canto, toco, […]

Desejo

Você tem medo da força do seu desejo, por isso você foge. Você tem medo da forma do seu desejo, por isso você fode. E sempre soube que o que te toca é mais profundo do que a densidade de uma mão. O seu desejo não tem princípio e, eterno, também não tem fim. Não […]

Memórias

Da próxima vez que alguém vier me perguntar há quanto tempo estamos juntas, eu direi: estive com ela a vida inteira, mas só agora me dei conta. Não fui avisada. Atravessou-me como sempre me pertencesse, como se encaixasse sem esforço algum em minha vida, nesta minha vida de agora; vinda de outros tempos, outras histórias, […]